Wednesday, March 14, 2007

Zooterapia ou ...

Os efeitos benéficos de ter um animal de estimação são por demais conhecidos : seja num idoso que vive só, seja na criança com deficiência, no adulto com depressão ou em qualquer ser absolutamente normal. Imensos estudos o revelam. Tenho diversos sites que o indicam.
Na revista do semanário SOL foi publicada uma interessante crónica que ponho à vossa apreciação e que está no post acima.
Esta relato foi publicado na Pandora e no Gatometaleiro . Não deixem de enviar os vossos comentários à autora, cujo mail vem no final do artigo. Já agora, não seria má ideia questionar o dito semanário pelos critérios que pautuam as suas selecções de artigos, apesar de estarmos num país onde a Censura acabou há mais de trinta anos .
Basta clickar no post de cima...

22 comments:

Pandora said...

Pois é amiga, esta "senhora" precisa mesmo de uma zooterapia, para ver se acorda para o mundo e percebe que também ela é um animal, que provavelmente cheira muitoooo pior do que os gatos.
Beijos.

EuMulher said...

Sou um pouco suspeita para falar porque adoro animais. Não sou assim muito ligada a gatos mas ainda ha pouco tempo tive um de passagem em casa.Os animais são muito importantes para o equilibrio do planeta sejam eles quais foram. Penso que todos nós em certas alturas da vida podemos precisar da energia de algum animal que esta sempre disposto a partilha la. Para isso basta invoca la. Quanto aos animais domesticos principlamente cães e gatos ajudam nos muito a descobrir o nosso lado humano ensinam nos muita coisa por exemplo sobre o amor incondicional. Tive uma cadela que acabou por morrer protegendo me. Os animais podem sim ser uma terapia! Os animais, quando sonhamos com eles ou se cruzam no nosso caminho podem dar nos sinais de caminhos a seguir... Enfim... tentem imaginar o que seria do planeta sem animais? Beijinhos

EuMulher said...

So mais uma coisa... mas respeito quem tenha medo de animais...cada pessoa tem os seus medos, e alguns nem sabemos de onde vêm... mas so peço que não os tratem mal. Que os respeitem tambem porque são dignos do nosso respeito pelo menos, se é caso de não podermos dar mais nada.

greentea said...

PANDORA

SEMPRE TIVE CAES EM CASA E NUNCA A MINHA CASA TEVE MAUS CHEIROS. Quando se entra tem-se uma agrdável sensação de bem estar, há sempre ALGUEM para nos receber e saudar , para nos acompanhar na alegria e na tristeza, na doença e na saúde, para partilhar nossos momentos, sem estragar seja o que fôr, sem cheirar mal, sem nunca estar trancado mas não tolerando que "certas pessoas" que conhecem à légua ...entrem cá dentro.
A minha vizinha da frente tem um cão e cinco gatos que recolheu da rua abandonados ; a sua casa não tem o mais leve cheiro pestilento e ela é uma pessoa harmoniosa e feliz.

Tem um bom dia , Pandora. Beijos

greentea said...

eumulher

partilho exactamente essa opinião.
Só tenho ca~es mas trato de gatos de rua abandonados e é frequente surgir-me um gato preto, em diversas situações. Por vezes, entra-me um pássaro ou uma borboleta pela janela e corre a casa toda... São mensagens, que eu interpreto, sem dúvida.
Aceito que algumas pessoas, por alguma razão, possam ter medo de algum animal, mas não posso aceitar que lhe façam mal gratuitamente ou que se publiquem artigos deste teor num Semanário com alguma (?) responsabilidade.

Um bom dia para ti

sa.ra said...

Essa crónica deu muito que falar há algumas semanas!
Foi vergonhosa e mereceu o retorno que teve!

No Diário Despostivo, o de destribuição gtratuita, a Marina Caldas assinou uma peça de opinião onde fez algo semelhante ao que estás a fazer aqui - lembrou o quanto os animais podem contribuir para a nossa saúde e bem estar!

Para os que não respeitam os animais como nossos semelhantes, que entendam pelo menos, que estes não são apenas peças decorativas de quem os têm e ama!

Houve também respostas ao SOL! sinceramente não sei o que lhes passou pela cabeça para publicar um texto tão medonho, tão medíocre!

enfim...

Belo trabalho Greentea!
Parabéns!


Beijinhos
dia muito feliz!

Liliana said...

Olá

Tenho uma gata ainda novinha que era vadia.Os meus 2 filhos têm ela, uma gata e um cão e ele, 2 cães.
Andei ausente,por questões de saúde do meu filho.Só tenho net no escritório e pouco tempo para comentar,mas também achei que isto era demais.
Um abraço e obrigada pelo teu trabalho aqui no blog.

greentea said...

sa.ra

só vi agora através de outro blog
mas como acho de tão baixo nivel , tão desinformativo , não me posso calar

beijos para ti

greentea said...

liliana

isto é demais, sim.

sempre tive cães, cheguei a ter 14 cães e numa altura , em seis meses as duas cadelas tiveram 23 cachorros.
Sobreviveram todos e foram tratados amorosamente, com enorme s beneficios para a minha filha que na altura tinha três ou quatro anos e era filha única, tendo-se encontrado óptimas familias para eles.
Os animais s~~ao uma excelente terapia!!!

beijos para ti

viajante said...

O Simão está a recuperar muito bem.
Para ele, o pior ( penso, eu) é o colar que tem ao pescoço.

EuMulher said...

GreenTea... inspirei me no que escreveste aqui e fiz um post no meu cantinho... se puderes passar por la terei muito gosto nisso. Beijinhos

Avusa said...

Pois é!!!
Animais de estimação...
Olha, eu tenho, deixa ver... 4 animais lá em casa.
Um cão, uma cadela, um gato e um papagaio. Todos soltos!!!

Grande confusão, hã???

greentea said...

viajante

ainda bem que o Simão está a recuperar bem ; o colar é indispensável, por muito q lhe custe, para não arrancar os pensos e rasgar a feria.

beijinhos

greentea said...

eumulher

está excelente o teu post sobre os animais , já fui espreitar e comentar

Um grande beijo para ti

greentea said...

avusa

pois com toda a etiqueta está na hora de convidares a tal da madame cronista para um jantarzinho na intimidade dos teus queridos animais de estimação!!

beijinhos para ti

Pandora said...

Greentea,
Acho que não me fiz entender.
Quem eu acho que "cheira mal" é ela, e não os gatos, pois estes são muitissimo asseados, e não têm cheiro. Sempre tive cães ou gatos em casa e nunca se sentiu cheiro algum.
Beijos.

greentea said...

pandora

entendi perfeitamente que quem cheira mal é ela.

Os meus cães sempre tomaram banho na banheira com shampoo e tudo, a menos que esteja um daqueles dias de calorão em que lhes dou banho na rua, com uma mangueirada fresquinha... e nem é preciso andar sempre nisso que eles têm sistemas próprios de auto limpesa, tal como os gatos.

Quem tresanda e mete nojo é ela ...claro
Olha , já foram mails para o Director do Jornal e para a Sociedade Protectora dos Animais!!

beijinhos a ti

avelana said...

o´ pandora , dá vontade de a convidar para um jantar xiquéeeeeeeeeeeerrimo, percebes, e juntar à mesa todos os nossos felinos e canideos, avestruzes, pavões, tartarugas, cágados, tudo o que houver...tu até tens uns outros bichinos minusculos que não me lembro o nome e poderás trazer para o banquete...

áparte isso é mandar mails para esta "sub-espécie" como alguém já lhe chamou, para o director do jornal O SOL e para a Liga dos Animais e Sociedade Protectora.

Aceitam-se sugestões para quaisquer outras iniciativas !!

beijinhos

oceanus said...

Desde criança que tenho vários amigos de quatro, de duas patas e ás vezes de muitas patas ou sem patas...todos tem o seu próprio odor, tal como nós... e não é uma questão de higiene.
Acho os gatos um dos animais mais cuidadosos com a sua higiene diária.

Mas também há quem não suporte os animais, qualquer um...e não é por medo...
O que acho verdadeiramente destas pessoas é que são muito infelizes, que vivem amarguradas com tudo e com elas próprias, e necessitam urgentemente de Terapia.

O que não posso concordar é com o jornal que paga para este tipo de artigos serem publicados.

bom trabalho greentea.parabéns

abraços do fundo do Oceanus

TINTA PERMANENTE said...

Gosto daquele a jogar o solitário!...
Abraços!

(engraçado: conheci o prof. Armando de Castro; a irmã trabalhou comigo muitos anos e, através dela, conheci os seus dois irmãos)

Van Dog said...

Também já tinha visto o artigo. Faz impressão ver como alguém pode pensar assim... Mas é bom ver as reacções, que têm muito mais força!!

AEnima said...

lindos os olhos deles, nao? dizem tudo... sao tao inocentes e transparentes... quem dera os humanos serem assim. Ha coisas que desaprendemos com a evolucao...