Sunday, December 18, 2016

A rosa eo principezinho

- Sim, laços - disse a raposa. - Ora vê: por enquanto, para mim, tu não és senão um rapazinho perfeitamente igual a outros cem mil rapazinhos. E eu não preciso de ti. E tu também não precisas de mim. Por enquanto, para ti, eu não sou senão uma raposa igual a outras cem mil raposas. Mas, se tu me prenderes a ti, passamos a precisar um do outro. Passas a ser único no mundo para mim. E, para ti, eu também passo a ser única no mundo…
- Parece-me que estou a começar a perceber - disse o principezinho. - Sabes, há uma certa flor…Resultado de imagem para rosas azuis Tenho a impressão que estou preso a ela...
- Tenho uma vida terrivelmente monótona. Eu, caço galinhas e os homens, caçam-me a mim. As galinhas são todas iguais umas às outras e os homens são todos iguais uns aos outros, Por isso, às vezes, aborreço-me um bocado. Mas se tu me prenderes a ti, a minha vida fica cheia de Sol. 
A raposa calou-se e ficou a olhar durante muito tempo para o principezinho.
- Por favor… Prende-me a ti! - acabou finalmente por dizer.
- E o que é que é preciso fazer? – perguntou o principezinho.
- É preciso ter muita paciência. Primeiro, sentas-te um bocadinho afastado de mim, assim, em cima da relva. Eu olho para ti pelo canto do olho e tu não dizes nada. A linguagem é uma fonte de mal-entendidos. Mas todos os dias te podes sentar um bocadinho mais perto...
O principezinho voltou no dia seguinte.
- Era melhor teres vindo à mesma hora - disse a raposa. Se vieres, por exemplo, às quatro horas, às três, já eu começo a ser feliz. E quanto mais perto for da hora, mais feliz me sentirei.
Às quatro em ponto já hei-de estar toda agitada e inquieta: é o preço da felicidade! Mas se chegares a uma hora qualquer, eu nunca saberei a que horas é que hei-de começar a arranjar o meu coração, a vesti-lo, a pô-lo bonito... São precisos rituais.
- O que é um ritual? - perguntou o principezinho.
- Também é uma coisa de que toda a gente se esqueceu - respondeu a raposa. - É o que faz com que um dia seja diferente dos outros dias e uma hora, diferente das outras horas.
Foi assim que o principezinho prendeu a si a raposa.
- Adeus - disse a raposa. - Vou-te contar o tal segredo. É muito simples: só se vê bem com o coração. O essencial é invisível para os olhos…
- O essencial é invisível para os olhos – repetiu o principezinho, para nunca mais se esquecer.

Flores azuis são um tipo de flor não muito fácil de ser encontrada. Alguns exemplos são as hortências, violetas, íris e outras.  Existe um grande mistério relacionado às flores azuis, em especial a rosa de cor azul.A flor azul é conhecida por ser uma flor que representa o infinito e o inalcançável, onde sentimentos como gratidão, respeito, admiração, desejo e amor fazem parte do seu objeto. São os motivos pelos quais as pessoas oferecem flores na cor azul.Existe uma grande dúvida em torno da rosa azul das flores, pois sabe-se que naturalmente ela não existe. A rosa azul foi criada através de variações genéticas e passou a ser o símbolo da prosperidade. Em algumas culturas, a rosa azul significa mistério ou alguém que busca alcançar algo considerado impossível, pois as pessoas acreditam que elas possuem o dom de realizar um desejo.Resultado de imagem para rosas azuis
Na literatura há referência sobre a rosa azul. O livro de Maurice Baring chamado  “The Blue Rose” (A Rosa Azul), conta a história da filha de um imperador que prometeu só se casar com alguém que lhe trouxesse uma rosa azul, mostrando o quão importante é a rosa nessa cor.Uma famosa flor azul, a hortênsia, está associada à resistência, honra, dignidade e profundos e sinceros sentimentos. Existe o caso específico da hortênsia azul, uma flor que transmite paz, tranquilidade, serenidade, estabilidade, esperança e devoção.

- Foi o tempo que tu perdeste com a tua rosa que tornou a tua rosa tão importante.

Monday, December 12, 2016

olhó gafanhoto



em pleno mês de dezembro , com um dia maravilhoso,
 o gafanhoto veio saborear o sol no meio dos catos

Sunday, November 27, 2016

Sabonetes artesanais de Fisális e Leite de Burra

 Sabonetes de Leite de Burra e Fisális com Aloé
 Leite de Burra é muito rico em nutrientes essenciais e oligo-elementos, como proteínas lácteas, Carité, Vitaminas, Cálcio e Minerais, pelo que apresenta propriedades restauradoras e renovadoras, aporta maior elasticidade e vitalidade e é especialmente recomendado para peles com eczemas, psoríase, peles secas, com problemas ou maduras
 Fisális - É especialmente rica em vitamina C, fornecendo 46 mg por 100 g, e atinge assim uma quantidade semelhante à da laranja(50 mg/100g). Reúne também excelentes níveis de fósforo e fibras (4,9 g/100 g), bem como de pró-vitamina A, o que identifica desde logo a sua riqueza em carotenóides, onde prevalece o β-caroteno. A quercetina é o composto fenólico encontrado em maior quantidade na fisális. Este fitoquímico tem acção anti-inflamatória, anti-alérgica e anticancerígena, confirmadas por diferentes estudos. Da família de flavonóides estão ainda presentes, nas bagas de fisális, a miricetina e o kaempferol, conhecidos por exercer outros efeitos benéficos na saúde.
A baga da  fisális é anti-microbiana, antitumoral, anti-inflamatória, imunomoduladora e hepatoprotetora,  destacando-se atividade citotóxica contra as linhas celulares do cancro do pulmão, da mama e do hepatocarcinoma .
Add caption
Resultado de imagem para fisalis vermelhoResultado de imagem para fisalis vermelho
Experimentei fazer e aqui está o resultado!
Resultado de imagem para fisalis vermelho
Um sobrinho tem plantação de Fisális e deliciei-me com as bagas frescas, acabadas de colher. Fiz receitas gourmet com carnes assadas, borrego, porco, frango que ficaram óptimas. Alguém experimentou a Compota  mas eu sou pouco dada a  sabores doces . Então, lembrei-me de usar as fisális na cosmética para captar todas as propriedades deste fruto excepcional. Extraí os sucos do fruto fresco, fiz essência e utilizei no fabrico de sabonetes artesanais, gel de banho e shampoo com base em produtos bio certificados sem aditivos quimicos, isentos de laurel e outros sulfatos.
Os resultados são evidentes em peles com eczemas, psoríase, cicatrizes, queimaduras de radioterapia e redução significativa dos sinais da quimioterapia. O cabelo fica leve e brilhante, reduzindo a oleosidade e produzindo um efeito antiqueda.

Friday, October 14, 2016

Maria ou uma adopção bem sucedida

Maria é agora mais uma estrelinha no céu, no céu dos cães, num céu que hoje é de lua cheia.
Maria chegou há mais de quatro anos a nossa casa, vinda de uma Associação, depois de já ter sido rejeitada três vezes por pessoas que não são pessoas nem humanos nem sabem cuidar de cães. Maria já tinha doze anos, pequenota e de pelo castanho, sem qualquer atributo apelativo. Não sabia andar à trela, trepava por tudo o que era sitio, aninhava-se nas camas e nos sofás e ... e...
Trouxe-a para casa para a tratar de umas feridas que outra cadela lhe fizera e foi ficando. Adoptámo-la em Maio de 2012 e desde então foi amimada, tratada condignamente com boa alimentação, cama quente e muitas festas. Aprendeu a andar à trela, dava passeios na rua, tinha licença e vacinas em dia e adorava viajar de carro. Ia sempre connosco, mesmo nas férias , no Natal, em qualquer altura que tivéssemos de sair, por isso conheceu quase todo o país e chegou mesmo a atravessar a fronteira. Aprendeu regras , sabia comportar-se, nunca estragou nada nem nunca retirou nada dos sacos das compras que eu deixava no chão da cozinha enquanto arrumava as compras. Não fazia barulho em casa nem ladrava a ninguém; era sociável com pessoas e com outros animais.
Desde que viémos de férias, andava mais caída, corria menos, por vezes tinha dificuldade em se levantar e eu levava-a ao colo até ao terraço ou à rua. Foi ao doutor, mais umas injeções e uns xaropes que Maria nunca tolerou comprimidos e melhorou ligeiramente. De noite , chamava baixinho para a mudar de posição ou para a levar lá fora. Ontem , chorava e não queria ficar sozinha; tive de a adormecer como se fosse um bebé para a acalmar. Hoje não estava melhor, deu um passeio no jardim e foi pela última vez à Dra Inês. Morreu tranquilamente com os donos a fazerem-lhe festas, sem trelas , sem coleira, sem nada que a prendesse como ela gostava, sem sofrimento, sem agressão.
Maria teve decerto uns primeiros anos de vida complicados que talvez nunca tivesse esquecido. Mas concerteza recordará os donos que a acolheram nos últimos tempo de vida, já bem velhinha, e lhe deram todo o conforto e bem estar possíveis. Maria também ficará para sempre na nossa memória.






Blowing in the wind

Thursday, September 15, 2016

por esse rio acima...

 Freixo de Numão - Mós do Douro
 Douro Internacional , junto a Freixo de Espada à Cinta

 Douro - Freixo de Numão
 Lagoa de Melides
Entre a Lagoa e o Mar

Thursday, July 21, 2016