Saturday, September 15, 2007

sábado sem sol

Tudo faria prever um sábado normalíssimo, um fim de semana tranquilo….
Ela levantou-se bem cedo , comeu qualquer coisa rápida e sentou-se a trabalhar. Ele levantou-se pouco depois, arranjou-se e saiu, que tinha ficado de passar numa empresa para resolver um assunto. A manhã quase outonal estava amena e convidava a um passeio , não fossem os compromissos que já tinham.
De repente, a filha chamou-a. Estranhou que ela não viesse dar-lhe os bons dias e levantou-se para ir ver .
“Tenho tonturas e dói-me os joelhos, dói-me tanto os joelhos, Mãe!"
Ela viu-lhe o rosto desfigurado e febril e não hesitou em levá-la à Urgência e daí seguiram para o Hospital : análises, exames, raios X, soro, injecção.
Sofreu. Uma angústia enorme. E estava sozinha. Estava sempre só quando surgiam estes problemas. Telefonou ao marido, claro; mas ele estava ainda longe - viria ali ter mais tarde…
Pensou no seu dia totalmente alterado , na des-importancia dos trabalhos que tinha para acabar . Não tinha fome sequer, apenas foi beber um café enquanto aguardava os resultados dos exames , naquela sala de espera onde havia outras pessoas igualmente cansadas, preocupadas, ansiosas por informações.
Já a tarde ia longa quando deixaram o Hospital para trás , passaram na Farmácia e trouxeram a filha de volta para casa, com uma expressão agora diferente. Estavam os três exaustos, os trabalhos por fazer , a casa por arrumar…
Mas que importa? Filipa já sorria e pediu se o pai lhe fazia aquela sopa tão boa, que estava cheia de fome !

7 comments:

Hindy said...

Tudo está bem quando acaba bem!

beijinho hindyado

rendadebilros said...

A vida real: como um dia que se apresenta bonito pode encerrar nuvens negras... mas como tudo acabou bem com uma bela sopinha, tudo o mais é des-importante...
(Sitges é mesmo uma praia onde se pode perfeitamente ser feliz...)
Obrigada pela visita. Apareça...

viajante said...

As melhoras da Filipa.
A ternura de um texto que transborda de amor por uma menina.
Abraços. Tudo vai ficar bem.

Morgenita said...

São daquelas coisas que nunca estamos à espera... Ainda bem que correu tudo pelo melhor!

Bjocas

125_azul said...

Que o dia de hoje seja mais feliz para todos...
Beijinhos

Pitanga said...

É incrível como as doenças dos filhos nos deixam mais doentes do que a eles!Vê-los sorrir novamente é uma bênçao e eles..bem, eles sabem que sempre podem contar conosco. Ah, estes grandes marotos!

beijinhos á lindinha da foto.

sorrisos da minha alma said...

O coração aperta sempre que eles não estam bem!...