Tuesday, September 18, 2007

Com as mãos...

Há uns anos atrás, com a minha filha ainda bem pequena, comecei a ter problemas nas mãos, dores, falta de força, de coordenação, deixava cair as coisas, descascar uma batata ou uma cenoura era impensável, arrumar a loiça da máquina nem de longe...
Fui ao médico que ao fim de alguns exames disse que teria de ser operada, não garantindo o pleno sucesso da cirurgia custando a mesma uns 750 contos.
Não preguei olho durante dois dias ou duas noites. Mas valia tudo e se bem o pensei melhor o fiz.
Costumava passar perto de um Centro de Dietética onde se anunciavam Consultas por Médico Naturista - o que na época não era muito habitual. Informei-me e arrisquei. O Médico era excelente, adorei o tratamento e as informações e todos os exames foram feitos de imediato ali mesmo, através da íris e com um aparelhómetro que media as vibrações dos diferentes orgãos.
Daqui a três meses está curada! - disse o Dr Amândio.
Ao fim do primeiro mês senti melhoras e ao fim do terceiro tinha "ressuscitado". Tomei apenas cápsulas de produtos naturais e suplementos . Gastei algum dinheiro, mas nada comparado com o preço da cirurgia e o exito foi total.

E hoje disponho das minhas mãos. Para fazer o jantar, para limpar, curar, tratar,

dar banho ao cão, afagar, transmitir energia, amar...

7 comments:

Hindy said...

Muito bem!

Beijinho hindyado

Marian said...

Bom saber dessas realidades... alternativas! :)
Bjs
Marian

greentea said...

hindy e marian
é muito interessante porque raramente a medicina convencional funciona comigo, começando logo nas anestesias...
em situações mais delicadas tenho sempre recorrido às medicinas alternativas com muito sucesso , seja com produtos naturais ou terapias como a quantica , o shiatsu, o reiki

viajante said...

Que bom saber que tudo está bem contigo...e com as tuas mãos.
Por aqui a idade atacou alguns dedos mas ainda dá para fazer tudo. Às vezes devagar, mas enfim...
Bjs

greentea said...

viajante

há soluções q a medicina convencional não tem mas que são "corriqueiras" nas medicinas alternativas e por isso cada vez recorro mais a estas e só em determinados casos vou aos médicos ditos "normais"....

ordePadamaR said...

Que bom que estás curada.

e que bom que tiveste essa experiência..mas cuidado, "Nem tudo ao mar nem tudo à serra.."

A medicina convencional, é importante e não deve ser deixada de lado. Como adepto da medicina tradicional e estudante de acupunctura, observo com frequência estes relatos. Percebi o enorme contributo que esta e outras medicinas podem dar para o nosso bem-estar.

Mas é preciso ter presente o bom senso e não as considerar como a única medicina (desprezando a convêncional) confiar na pessoa que nos trata, que deve por sua vez, conhecer as suas próprias limitações. O erro está em querer tratar tudo, existindo planos no Homem que são muito subtis e certamente, não são para todos.

Mas fico contente pelos benefícios que te trouxe

bjinho

sorrisos da minha alma said...

Sem saude nao somos nada...
Bjs