Tuesday, June 15, 2010

Rua de Lua - na Adega de Colares

Rua da Lua 16 de Junho 21h30 Adega de Colares
Rua da Lua
Se o sol marca o ritmo das artes mecânicas, impõe a rotina daqueles que despertam todos os dias à mesma hora, a lua é a música dos mares e marés. É também a lua que nos ensina a arte do retardamento e do recomeço dos ciclos. E mente-nos de duas maneiras: aparecendo em forma de “C” quando não está crescente, e fingindo-se nova quando sabemos que é sempre a mesma lua que retoma a sua forma de invisibilidade antes de regressar ao círculo cheio.
Era inevitável, neste culto do planeta mentiroso, que os Maria Lua sentissem o apelo das marés e dos seus ciclos. Também eles se descobrem novos, apesar de regressarem à mesma nostalgia da voz magoada do fado, à mesma alegria das concertinas no adro das igrejas, à mesma universalidade de uma worldmusic que insiste em falar português. Tudo isso passa por um trabalho mais cuidadoso sobre os instrumentos, transformados numa calçada irregular, num desenho de mil fragmentos sobre os quais novas vozes podem agora caminhar.
Os Maria Lua renascem, como a lua nova, novos e os mesmos, porque se querem mais chão para novas vozes do que corpo de sons perfeitos, chamam-se agora RUA DA LUA, e fazem a sua estreia no 45.º Festival de Sintra.

Ficha Artística e Técnica
Carlos Lopes Acordeon
Manú Teixeira Percussão
Rui Silva Contrabaixo
Tiago Oliveira Guitarra Clássica
Rita Damázio Voz
Paulo Correia Projecto de Luz
Paulo Gomes Projecto de Som
Silvia Rebelo Direcção de Produção
Mais informações aqui

4 comments:

Justine said...

Excelente texto de apresentação! Dá vontade de os ir ouvir JÁ!!

greentea said...

EU VOU!!!!!!!!!!!!!

Ouvi-os aqui há tempos na Igreja de Sao José dos Carpinteiros, num apelo à sua reconstrução/conservação
e achei uma maravilha. Em tempos fui ouvir uns excertos da Carmen , na Adfega de Colares e adorei os sons e a coreografia - no meio dos pipos de vinho de Colares...
por tudo isso hoje não posso faltar!!

pinguim said...

No mínimo, original, a apresentação deste concerto.
E ser numa Adega, é sensacional.

greentea said...

podes crer que foi sensacional , Pinguim