Wednesday, June 23, 2010

Dornes e as margens do Zêzere

Em Dornes, deixaram para trás a Torre pentagonal dos Templários , as margens do Zêzere, a Igreja atribuida à Rainha Santa Isabel
a praia fluvial da Foz do Alge


e a aldeia serrana antes da descida para Castanheira de Pera


dias , momentos, horas que guardam na memória
que ficam perpetuados para sempre neste espaço
outrora , escreviam-se cartas , diários intímos e secretos
hoje publicam-se textos e fotos
ao alcance de todos, por apenas um click de rato
e que cada um é livre de comentar (ou não).
Perguntaram-me um dia porque fazia um blog
Acima de tudo , para minha satisfação pessoal
para relatar o que me vai na alma
para transmitir acontecimentos marcantes
na minha vida.
Simplesmente, pelo gosto de escrever.


6 comments:

Justine said...

Há pouco tempo que também andei por lá. É um delicioso recanto do nosso país...e a tua "reportagem" convida a voltar:))

Vieira Calado said...

E quantos segredos guardados nas altas torres...

Saudações poéticas

greentea said...

Justine
é uma zona lindissima, pena q certos locais estewjam um pouco abandonados ou mal aproveitados

greentea said...

nas altas torres e no casario do Talasnal e de todas aquelas aldeias agora desabitadas

pinguim said...

São zonas lindas e pouco faladas; daí o interesse redobrado nesta tua partilha.

greentea said...

pinguim
são quase terras do demo - tão longiquas, tão inacessiveis e tão mal sinalisadas q de facto dá vontade de não chegar lá , mas a meio do caminho damos conta q não há ir e voltar - há chegar , ver e sair por outro perceuso !