Wednesday, December 19, 2007

So this is Christmas


So this is Christmas
And what have you done?
Another year over
And a new one just begun
Jonh Lennon
(Então é Natal
E o que você fez?
Mais um ano que termina
E um novo que está apenas começando).

Já é Natal, de novo. E para nós, a festa tão aparentada no tempo com o final do ano, sempre tem um quê de despedida... e de recomeço. Quando começo a sentir no ar o perfume das madressilvas e das damas da noite está na hora de iniciar a contagem regressiva até o Natal e falta um pulinho para o ano, mais uma vez, “acabar”. Durante muitos séculos, muitos mesmo, os homens imaginavam o tempo como sendo cíclico. Vivendo ao sabor dos começos e recomeços das estações, eles experimentavam a vida como ondas do mar, sempre acontecendo, sempre da mesma forma, e sempre absurdamente diferente. Esta idéia de um tempo cíclico, os povos antigos expressavam nas formas circulares das rosáceas das catedrais, da roda, dos 12 signos do Zodíaco, das mandalas. Não é nada por acaso que os relógios sejam, em geral, redondos. O centro destes círculos abriga o imutável, aquilo que de certa forma escapa à passagem do tempo, Deus, quem sabe... Em todos estes círculos que a imaginação humana criou está a mesmíssima certeza: não dá para saber onde tudo começa nem onde vai acabar e entre o início e o final das coisas não cabe nem um instante... A era cristã trouxe consigo a idéia de um tempo linear. E tão estranha era esta idéia que até hoje não nos acostumamos inteiramente com ela. O tempo, de círculo virou flecha, e nós ficamos ali, órfãos, com a nossa angústia. Nada disso... Contra tudo e contra todos, atravessamos os últimos séculos preservando a certeza de que o tempo não foge à regra da Natureza de nascimento, morte e renovação. E continuamos a construir nossos círculos, internamente ou nem tanto assim... Afinal, na prática, o menino Jesus nasce, de verdade e de coração todos os Natais. Isto de “vamos lembrar”, “vamos rememorar” está certo, é claro, mas a alma da gente desconfia. No fundo, sabemos que todos os anos, de alguma forma, temos a possibilidade de fazer nascer o pequeno Jesus em nós. Todos os anos têm alguma coisa que acaba no Natal e outra que começa. Não é só lembrança não, nem história. É coisa de vida mesmo! Existem autores que ressaltam a semelhança entre as etapas da vida de Cristo e a dos antigos deuses agrários, que morriam no inverno e ressuscitavam na primavera. O belo Adônis grego, por exemplo, passava metade do ano com Perséfone, no submundo, e renascia a cada primavera para encontrar Afrodite, a grande-mãe, deusa do amor e da vida. E a mitologia guarda vários outros deuses que morriam e ressuscitavam para simbolizar as forças vitais que emergiam das entranhas da terra: Dionísio, também grego; Tammuz, da Suméria; Osíris, do Egito. Belas histórias, que guardam alguns segredos, mesmo para nossos sentidos modernos... Penso que este clima de fim e de recomeço exige de nós uma espécie de pausa para um balanço da vida. Os judeus fazem isto no seu Yom Kippur ou Dia do Perdão, uma espécie de acerto de contas consigo mesmos, com os outros e com seu Deus. E quer melhor época para iniciarmos uma nova tradição e fazermos nossa contabilidade de alma do que o Natal? Começaríamos acertando nossas dívidas e resistindo aos apelos do consumo para fazer outras. Depois, passaríamos um bom tempo fazendo o exercício do perdão. Incluiríamos todos aqueles que de qualquer forma foram injustos conosco ou tenham, ainda que sem querer, nos prejudicado. Para alguns, a gente daria um pequeno telefonema, faria as pazes, reataria velhas amizades. Outros seriam perdoados apenas em nosso coração que isto já é mais do que o bastante. Em seguida, viria o momento de perdoar a nós mesmos, por nossas pequenas faltas e pelas grandes. Pelas nossas omissões e pela nossa humanidade. E finalmente, no Dia de Natal ou no dia de Ano Novo, você escolhe, faríamos nossa reconciliação simbólica com Deus. Fizemos o melhor possível, mas não o bastante. Fomos bons parceiros, mas nem tanto. Que se há de fazer? Ano que vem, com certeza e, é claro, se Ele quiser, faremos ainda melhor. Este acerto há de ter momentos duros, difíceis, não é coisinha assim banal. Os judeus chamam os dias que reservam a isto de Dias Tremendos. Acertos de contas são assim mesmo... Mas depois, de alma lavada, fresquinhos em folha, perfumados e vestidos de festa, poderíamos esperar o nascimento do Menino Jesus, que vem trazendo sua Luz. Mais uma vez... daqui

( Quem não gostar da palavra Deus pode substituir por Universo, Mãe-Terra ou qualquer outra que para si próprio faça sentido)


O resto da letra da música do Jonh Lennon

And so this is Christmas (E então é Natal)
I hope you have fun (Espero que vocês se divirtam)
The near and the dear one (Quem está perto e quem é querido)
The old and the young (Quem é velho e quem é novo)
A very Merry Christmas (Um Natal muito alegre)
And a happy New Year (E um Ano-Novo feliz)
Let’s hope it is a good one
(Esperamos que seja um bom ano)
Without any fear (E sem medo)
And so this is Christmas (Então é Natal)
For weak and for strong (Para os fracos e os fortes)
For rich ones and poor ones (Para os ricos e os pobres)
The world is so wrong (O mundo é tão errado)
And so Happy Christmas (Então Feliz Natal)
For black and for whites (Para negros e brancos)
For yellows and red ones (Para amarelos e vermelhos)
Let’s stop all the fight (Vamos parar de brigar)
Publicado conjuntamente com soldedomingo













40 comments:

Sophiamar said...

E seria bom que todos nós fizéssemos a nossa contabilidade de alma no Natal. Penso que todos fazemos um pouco por melhorar as "contas" do nosso egoísmo, da nossa arrogância, do nosso orgulho mas, pouco depois, voltamos ao que fôramos. Imperfeições da massa humana. Há que não desistir.
Um belo post. Como sempre!
Bom Natal!
Beijinhos

greentea said...

SOPHIA

ESTOU CANSADA DO NATAL ACTUAL DO COLORISMO, DO FOLCLORE DAS LUMINARIAS PARA COLMATAR OS VAZIOS, DO EXCESSO DE CONSUSISMO EM TODOS OS SENTIDOS, DA FALTA DE TUDO O RESTO QUE DEVERIA EXISTIR .

Por isso este texto me agradou tanto que fiz dele os meus votos para este época e para o Ano Novo (todos os dias do Ano )

Um beijo para ti

Maria said...

Deixo-te um beijo........
e desejo um bom ano de 2008.

O Micróbio II said...

UM FELIZ NATAL!! :-)

Hanah said...

Passei para deixar-te um abraço grande ....

Beijo...e agradescer pela compania durante o ano....

Beijo

Espaço do João said...

Querida Luisa.
Seu texto está mitobm escrito. Natal é sempre quando o homem quizer. Realmente quando diz que que não gosta de Deus que lhe chame outra coisa dá para pensar um pouco. Eu não digo que não gosto de Deus, para mim é um mistério, pois todos aqueles que falam em Deus referem-se sempre ao planeta terra. Será que só haverá vida neste planeta? Meditemos...
Um abraço e feliz Natal no planeta terra...

Pitanga said...

Greentea, ainda ando meio anestesiada. Sinto que a tão pouco tempo foi Natal e agora...tudo de novo. Este ano foi tão fora do comum para mim que não o vi passar. Pode parecer um "clichê" mas não é. É como se eu tivesse pulado qualquer coisa que, na verdade, não me faz falta, e captado apenas os momentos bons deste ano...e foram tantos!É isso, minha amiga. Tive Natal o ano inteiro.Mas sem luzes a piscar, nem presentes, nem barulho. Só Natal. Podes entender ou estarei ficando louca?


beijos

bettips said...

A ver, a deambular acima e abaixo, parece que sempre entro aqui como em casa conhecida. Chá verde e pujante, calmante e amigo. São para ti também os meus corais em chuva. Que o SOL te ilumine. Bj

greentea said...

maria


para ti também , com muitas viagens à ILHA e por outros mares nunca dantes navegados , que a descoberta e a renovação são sempre importantes

um beijo

greentea said...

microbio

para ti também , estarei lá por perto da tua zona ... e espero que a neve desça!

Um abraço

greentea said...

tambm te agradeço a companhia e os ensinamentos , os posts lindos q sabes fazer !!

BEIJOS PARA TI E UM BOM ANO

greentea said...

ESPAÇO DO JOÃO

(não me chamo Luisa, não sei onde inventaste essa ...)

O Natal era na religião antiga festejado como a noite mais longa do ano, o solesticio de Inverno, e celebrava-se o retorno do Sol e o renascimento das colheitas e da vida.
Depois quando a iGREJA CRISTÃ apareceu alterou e proibiu todas essas festividades sazonais. Quando digo que cada um pode substituir a seu modo a palavra Deus é porque acho que esse Deus que nos querem propôr é demasiado limitado, tal como qa ideia de que só há vida na Terra. Está provado que o Universo está em constante expansão e quanto a vida noutros planetas...há fortes indicios, que muitos querem escamotear

Um beijo natalicio e boas férias para ti também

greentea said...

pitanga


as luzes a piscar e os embrulhos folclóricos só servem para aqueles que nada mais têm para dar; são o complemento directo do vazio que muitos têm dentro de si e não querem expressar.

Ainda bem que foi NATAL o ano inteiro para ti e estou certa que vai continuar a sê-lo durante mais este e os próximos anos

Um xi bem grande

greentea said...

bettips

ainda bem , que a intenção é mesmo essa !

E adoro corais e pedras e pedrinhas e gostava quando era miuda de andar pela praia fora a apanhar búzios e conchas que hoje já não as há...
Um beijo de coral. O chá verde é um excelente anti-oxidante por isso o tomo sempre e não me lembro dos anos que tenho!

maresia_mar said...

Olá
adorei ler o que escreveste..

DEIXA DEUS ENTRAR NO TEU CORAÇÃO E ASSIM CELEBRARÁS O NATAL
COM MAIS EMOÇÃO - esta é a minha mensagem de Natal para todos os meus amigos!
Bjhs e até ao ano

Tozé Franco said...

Ola Grrentea:
Que o NAtal seja, para todos nós, uma época de renascimento e não de compras desenfreadas.
Obrigado pelas suas palavras e desejo-lhe um Santo Natal

Daniela Mann said...

Olá Greentea,
Venho pedir o seu voto para me ajudar a ganhar o consurso que está a decorrer no blog do custódio. Para tal basta comentar o meu post!
O link é este:
http://dinheirooportunidade.com/
O meu post é o "QUEM FOI?" e é logo o primeiro da lista. Para que o voto conte basta comentar esse post! É só!
Posso contar consigo?
Beijinhos da Daniela :)

125_azul said...

Eu vou sempre amar o Natal. Mesmo que já não seja como antes. Os sorrisos dos meus filhos assim o justifica. Beijinhos. Um Natal maravilhoso para ti e para os teus

Espaço do João said...

Olá Grentea.
Hoje li o teu comentário. Sinceramente não sei como troquei o teu nome. Certamente misturou-se com outro comentário que fiz. Coizas de Kotas... A idade às vezes atraiçoa-nos ! peço desculpa.
No entnto estou plenamente de acordo contigo quanto à tua resposta. Um abraço do João

Hindy said...

Estou quase de partida!

Um sorriso hindyado

Vieira Calado said...

Venho desejar-lhe um

BOM NATAL

em paz e harmonia.

João Soares said...

Um feliz Natal pleno de afectos e um 2008 mais Ecossolidário e mais Paz.
Abraços

Meg said...

Green...

Venho desejar-te umas

FESTAS FELIZES E UM ÓPTIMO 2008

Um abraço

sa.ra said...

Querida amiga,

Vim deixar-te os meus votos de um Natal muito feliz, cheio de paz e amor e muita magia!

Que 2008 seja um ano extraordinário!

Beijos

Dias muito felizes

Espaço do João said...

Então gostas de conchas e búzios? Para o próximo ano envio-te umas vieiras que teem mais de dez cm de largura. Até servem de cinzeiros mas, como não fumo e o tabaco vai ser restrito dou-te algumas. João

Rodolfo N said...

Como dije en le motro blog, maravilloso mensaje!!
Que Dios ilumine esta Navidad!
Felicidades!

Melões Melodia said...

Um Santo Natal para ti e para os teus.
Beijo grande

amigona avó e a neta princesa said...

Boas festas minha querida...tudo aquilo de que gostas...

Angus said...

Esperamos sempre o começo o recomeço e a esperança do reencontro.
bejos!

O Profeta said...

Olhos abertos de espanto
A esperança renovada
Há um novo ano que anuncia
Os passos da felicidade na sua chegada

E porque gosto de ti
Companheira de viagem
Que a minha companhia
Não seja uma miragem

E porque tocaste o profeta
Com a delicadeza da tua terna mão
No abrir das minhas portas
Ilumino teu coração


Um mágico 2008


Um beijo da luz

Jardineira aprendiz said...

Talvez seja esta noção de renascimento que permita ao natal sobreviver à aleinação consumista.

Bom ano de 2008!
Beijo

Ana Patudos said...

Passei para te dasejar muita Paz e Luz no teu coração e no teu ano 2008
Fica bem
Ana Paula

Hanah said...

Feliz e Venturoso 2008 para ti...

Abraço Grande


Hanah

Meg said...

Querida Greentea,

Em jeito de despedida hoje deixo os meus votos para que 2008 te traga tudo o que mais desejares e ainda...

SAÚDE, PAZ E HARMONIA

Um grande

Amaral said...

Para ti, GreenTea, desejo que este ano de 2008 te traga tudo de bom e embeleze a tua vida com aquilo que mais desejares!
Feliz 2008!!!

Pandora said...

Este é o ultimo dia do ano que está a acabar.
Esta noite é para ser feliz e brincar, dançar e brindar para que o Novo Ano que vai nascer seja pleno de alegrias, e boa sorte para todos nós.
Beijos

Parvinha da Silva said...

É uma das minhas músicas preferidas e adorei o teu espaço. Voltarei.

Um Bom Ano para ti

amigona avó e a neta princesa said...

Um beijo minha amiga e tudo de bom em 2008...

leonor costa said...

Hoje venho só desejar-te um Bom Ano Novo cheio de coisas boas.
Oportunamente, voltarei a visitar-te pois li um post teu, mais antigo em que falas no Ateneu Comercial e nos professores que também fora meus. É verdade, eu também tirei lá o curso mas não sei se nos conhecemos.
Voltarei
Beijinhos

HOJE E AMANHÃ

Acordomar said...

Venho deixar-te os meus desejos de que tenhas um ano novo feliz, com muitos sonhos concretizados, juntamente com saude, amor e paz, e tudo o que mais desejes.

Grd beijinho*