Wednesday, April 16, 2008

dia de temporal


Fui pôr o carro a fazer a revisão pois tinha de ir à inspecção. Deixei-o na oficina e eles que tratem de tudo , como qualquer mulher que se preza. Além do mais , não tenho tempo para passar dia na Controlauto...
Hoje à tarde , ligaram-me a dizer que estava tudo pronto e podia ir buscar o carro. Começava a chuviscar quando apanhei um táxi, para chegar a horas... Paguei a bela da factura, devolveram-me os documentos e a chave. Liguei a ignição, coloquei o cinto de segurança, ajeitei o banco, liguei as luzes e arranquei. Andei alguns metros com o carro aos solavancos, meio engasgado, o sinal luminoso a indicar que o nivel de combustivel estava no limite mínimo...
Andei devagarinho, fiz uns escassos cem metros e o menino imobilizou-se de vez. Deixei-o no meio da estrada, os piscas acesos e fui a pé até à bomba mais próxima, que era logo ali.
- Tem um recipiente para levar combustível ?
- O melhor é comprar um garrafão de água e deitá-la fora...ou uma garrafa de 1,5 litro - dizia o rapaz com um certo ar de gozo, pensando decerto que as mulheres são umas araras a tratar dos carros.
Lá enchi a garrafa com o precioso néctar das arábias , paguei e fui debaixo de chuva até ao carro. Voltei à bomba para abastecer e reparo que o friso do lado direito estava fora do sitio.
Aí , passei-me !! Voltei à oficina e embora recusasse o dinheiro do combustivel, tiveram de me colocar o friso no devido lugar. Saí de lá encharcada, cheguei a casa a desoras , mas o mecânico não torna a deixar uma viatura sem combustivel .
Era dia de temporal !

18 comments:

maresia_mar said...

puxa querida que galo, isso não se faz... aqui também choveu a potes, fui à piscina e quase nem podia sair de lá tal era a quantidade de chuva.. há dias assim... Bjhs

maresia_mar said...
This comment has been removed by the author.
greentea said...

maresia

é verdade , num dia de temporal em que ansiava chegar a casa ...

amanhã virá o arco-iris ...

bettips said...

A inconsciência das pessoas e o que isso te poderia custar!
Começa de cima, o mau exemplo: ainda hoje vi falarem de crise a mastigarem um jantar, em directo.
Vim dizer-te que passei por P. Santo (a das nuvens) e a grande é a Madeira. Sobre a qual escrevi, começando pelas "gentes" que são, afinal, o mais importante do mundo. Estas, especialmente, que vendiam os seus produtos no Mercado dos Lavradores. Espero que possas ir e se lá viveste, melhor. Verás as diferenças da "betoneira"! Mas claro, há sempre coisas lindas a considerar e eu sou uma sôfrega e viciada delas...
Beijinhos

125_azul said...

"as mulheres são umas araras a tratar dos carros".
Bem, esta arara azul sabe trocar pneus e chamar o Automóvel Clube com uma classe impar!
Beijinhos, dia feliz

Jorge P.G Sineiro said...

Isto é que os fulanos são competentes, hein? Livra!

Um abraço.

Jorge P.G.

greentea said...

bettips

também sou sofrega e viciada em coisas lindas , coloridas, belas (por dentro e por fora sem gostos amargos !!!!

greentea said...

125

também sei trocar pneus mas só que não tenho força para os desatarrachar...
mas também chamo o ACP com verdadeira classe de mulher!!
Há uns anos atrás, fui levar o Green ao aeroporto e voltei sozinha para casa, com o cão. Era cerca da uma da manhã quando tive um furo na IC19 , perto de Rio de Mouro. Estava escuro que nem breu e começou a chover copiosamente...
Perto havia um Restaurante /Estalagem ainda aberto e pedi para telefonar pois não havia telelés nem Assistencias nessa época. Liguei à GNR e logo prontos me disseram que não me preocupasse que eles tomavam conta do caso. Vieram de carro , estacionaramm atrás de mim, bateram-me a continencia e qd parou a chuva mudaram o pneu...
Não quizeram agradecimentos nem aceitaram nada - serviço é serviço!

greentea said...

sineiro

é verdade, pediram muitas desculpas, o mecanico queria pagar-me o combustivel mas não era isso q estava em causa e sim o desleixo de deixarem o carro sem gota, depois de o terem levado à Inspecção
Por acaso a bomba era perto mas nada paga a maçada e o desgaste ao fim de um dia (longo) de trabalho...

Um abraço

Pandora said...

Há dias assim...de temporal.
mas falta de combustivel no carro é um drama para mim que me esqueço sempre de abastecer...e vivo em frente a uma bomba de gasolina! Ai, ai.
Beijos.

Shakadal said...
This comment has been removed by a blog administrator.
greentea said...

pandora

olha se era hoje que tinha de ir à bomba a pé ...

amigona avó e a neta princesa said...

Um beijo, amiga...

Pitanga Doce said...

ÓÓÓÓ carago ,que o temporal dentro da oficina foi maior do que o de fora. hehe

beijos e também me passo com incompetências e gracinhas fora de horas.

Teresa Calcao said...

Ola Greentea,
Nem tudo e mau em dia de temporal....adorei a tua visita!!!!
Bom fim de semana,
xo

Santa said...

Andei ausente. Explico. Muito trabalho e viagens. Mas não esqueci dos meus mais preciosos blogs. Beijos aqui do Brasil.

Jorge P.G Sineiro said...

Não leio um novo escrito, mas deixo um abraço novo.

Bom domingo!

Jorge P.G.

AEnima said...

Sabes, eu sou filha de mecanico com oficina, por isso conheço o outro lado da história. O lado em que o cliente chega à oficina com o carro na reserva que nem dá para o mecânico o experimentar em condições para descobrir de onde vem o barulho, o problema (e às vezes precisa de uns bons quilómetros)... Já para não falar que ao repará-lo vejo a necessidade de estarem muitas vezes a acelerar em seco, gastanto gasolina, e o mecanico a respirar aqueles fumos todo o dia. O lado em que o mecanico enche o depósito ao cliente e ele refila que não quer pagar, porque não havia necessidade disso... Verdade que há muita malandragem nalgumas oficinas... e depois há coisas que acontecem que, pelo estigma da profissão, todos pensam que é por malandragem. Há profissões muito incompreendidas e a de mecânico é uma delas.