Thursday, May 20, 2010

Livro do Desassossego

Todos nós, que sonhamos e pensamos, somos ajudantes e guarda-livros num Armazem de fazendas, ou de outra qualquer fazenda em uma Baixa qualquer. Escripturamos e perdemos; sommamos e passamos; fechamos o balanço e o saldo invisivel é sempre contra nós.
Escrevo sorrindo com as palavras, mas o meu coração está como se se pudesse partir, partir como as cousas que se quebram, em fragmentos, em cacos, em lixo,que o caixote leva num gesto de por cima dos hombros para o carro do eterno de todas as Camaras Municipais.
E tudo espera, aberto e decorado, o Rei que virá, e já chega, que a poeira do cortejo é uma nova névoa no oriente lento, e as lanças luzem já na distancia com uma madrugada sua.

Bernardo Soares - Livro do Desassossego

14 comments:

Justine said...

Este é o nosso livro mais actual!

greentea said...

Justine

podes crer. tanta e tanta vez que recorro a ele e encontro sempre respostas actualissimas !!

Violeta said...

Um grande livro...
Bom fim de semana.

as-nunes said...

Quer dizer, somos um Povo permanentemente desassossegado.

António

Je Vois la Vie en Vert said...

Uma bela reflexão que fala do nosso tempo...

Querida amiga,
Sei que o meu blog, por causa das imagens e fotos é, às vezes, pesado para computadores que têm menos potência. Peço desculpa por este facto mas as minhas imagens fazem parte daquilo que gosto e custa-me imenso tirá-las ou não colocar outras...
Mas podes sempre ficar com qualquer das minhas imagens ficando com o link, isto é : clicando em cima da foto com o rato do lado direito, copias o link, abres uma mini-aplicação com imagens e colas o link que retiraste. Não sei se percebes muito de computador mas não te esqueças de retirar um dos http:// senão não dá...
A seguir junto o link da foto :


http://4.bp.blogspot.com/_e9_KoU7dGUE/S9yZhr1Hy-I/AAAAAAAAGXY/7WF4Da7XCQU/S190/porte-bonheur+de+Verdinha.jpg


O meu blog não tem barreiras e no dia em que tiver que colocar alguma, fecharei o meu blog porque quero que as pessoas encontrem no meu espaço verde a liberdade, a frescura, o bem, a generosidade, o optimismo, a beleza, resumindo, só bonitos sentimentos. Por isso : faça favor de levar o que quiseres !

Beijinhos
Verdinha

greentea said...

violeta

deveria estar mais divulgado

embora muito boa gente não o entendesse...

greentea said...

entaõ não somos , antónio ...

greentea said...

verdinha

com calma hei-dde ir ao teu blog
o meu computador anda um pouquinho tonto e a fazer birras de moço pequenoaté ao fim do mes o trabalho aperta e não posso ir dar-lhe uma limpeza...

bjinhos a ti

Era uma vez um Girassol said...

Belissimo!
Obrigada por aqui trazeres estas palavras.
Beijinho da flor

Pitanga Doce said...

Desassossego...sem livro.

greentea said...

ainda bem que voltaste , Girassol!!!
há quanto tempo não te via por aqui

greentea said...

há gente assim . Pitanga
sempre com sonhos desassossegados

greentea said...

há gente assim . Pitanga
sempre com sonhos desassossegados

greentea said...

há gente assim . Pitanga
sempre com sonhos desassossegados