Monday, October 19, 2009

Plenário de cidadãos em Avelãs de Ambom












Desertificação promove plenários de cidadãos
A desertificação das aldeias do interior do país tem sido responsável pelo aumento do número de freguesias que elegem os seus representantes em plenários de cidadãos, disseram à Lusa fontes autárquicas.
Exemplo disso é o caso do distrito da Guarda que, fustigado pela desertificação, enfrenta um desafio cada vez maior. Em 2005, 40 das 336 freguesias dos 14 concelhos votaram em plenários de cidadãos.
Almeida tem o maior número de freguesias nesta situação (12), seguindo-se Guarda e Sabugal (seis), Pinhel (cinco), Figueira de Castelo Rodrigo (quatro), Fornos de Algodres e Meda (dois), Celorico da Beira, Trancoso e Vila Nova de Foz Côa (um).
Luís Figueiró, presidente da Junta de Freguesia de Avelãs de Ambom, Guarda, com 103 eleitores, está a cumprir o quarto mandato e “sempre” foi eleito em plenário.
Contou à Lusa que nos plenários “são os cidadãos eleitores que se representam a eles próprios”, elegendo os três elementos que formam o executivo (presidente, secretário e tesoureiro). “É uma eleição preparada na hora e, no caso da minha Freguesia, ocorre até oito dias depois das eleições para a Assembleia e Câmara Municipal”, disse. Referiu que “um número mínimo de cinco eleitores pode elaborar uma proposta de constituição de uma lista com três nomes que será votada nessa mesma reunião”. Adiantou que nas freguesias onde são constituídas mesas eleitorais “costumam surgir guerrilhas partidárias devido à intervenção dos partidos”, coisa que não acontece na sua aldeia onde os eleitores “não estão sujeitos à pressão política”. Paulo Marques, presidente da Junta de Cidadelhe, Pinhel, com cerca de 70 eleitores, disse que a Freguesia já tem uma longa tradição na realização de plenários de cidadãos.“Desde que nasci que foi sempre assim”, contou o autarca de 38 anos, indicando que no acto eleitoral de 2005 apenas se apresentou a lista que liderava. beiras.pt



O presidente da Junta de Freguesia de Avelãs de Ambom, concelho da Guarda, que foi eleito ontem pela quinta vez para o cargo num plenário de cidadãos, disse gostar deste tipo de eleição porque "é mais pessoal".
As freguesias que têm 150 ou menos eleitores elegem os seus representantes em plenários de cidadãos, como é o caso de Avelãs de Ambom, que possui 103 eleitores.
Nessa aldeia do concelho da Guarda, o plenário realizou--se pelas 16:30, na sede da Junta de Freguesia, e apenas se apresentou uma lista liderada por Luís Figueiró, 38 anos, que vai cumprir o quinto mandato como presidente da Junta.
A única lista concorrente obteve 46 votos a favor e três em branco
. daqui

1 comment:

A Teoria do Kaos said...

Bom dia,

Vinha sugerir um visita ao blog

http://animaisemportugal.blogspot.com

Cumprimentos,